quarta-feira, 1 de junho de 2011

Peraí! Tem alguma coisa errada...

Oi gente, bom dia para todos nós!
Bom, ontem decidi fazer um comentário aqui sobre algo que e aconteceu semana passada e que gerou questionamentos na minha cabeça - o que não é muito incomum, rs...
Precisei ir ao banco pagar um DUDA para vistoria, essas coisas de placas, tarjetas e coisas do gênero. Então, como sempre, fui ao caixa rápido para retirar o boleto e poder pagar no caixa. Contudo, não tinha o documento do carro em mãos e acabei ligando para o meu marido para que ele me passasse os dados. Terminei a operação no caixa eletrônico e fui em direção ao caixa comum para efetuar o pagamento quando fui abordada pelo caixa e informada que não podia falar no celular dentro do banco.
Terminei o que falava, me despedi e desliguei. Em seguida perguntei ao caixa o por que daquilo achando que era por conta dos equipamentos eletrônicos ou algo do gênero. E então ele me respondeu que era Lei, para evitar que ladrões ligassem de dentro do banco e informassem seus comparsas sobre pessoas efetuando saques, como estariam vestidas e tudo. Então, balancei a cabeça com uma cara de "quem ouviu e está pensando que tem alguma coisa errada naquilo", paguei o DUDA, pedi desculpas e saí.
Bom, eu entendo que se é Lei, é Lei, mas que está errada, está!
Ora! Para ter sua segurança garantida as pessoas não têm que deixar de falar ao telefone dentro do banco. O Estado precisa fazer seu papel e garantir essa segurança! Seguindo essa linha de raciocínio (da lei aprovada), as próximas leis proibirão que o cidadão saia com seu carro novo para que ele não seja assaltado, proibirá o uso de motos evitando que sejam levadas e daí por diante. 
Entendam, não estou levantando a bandeira contra a Lei dos celulares, afinal "lei foi feita para ser cumprida", mas não podemos nos aquietar e aceitar sem um pensamento crítico, concordam?
Temos que reclamar por segurança e não aceitar que abafem nossos direitos justificando que isso é nos dar segurança. Que se coloque uma polícia bem remunerada nas ruas, com escalas de serviço decentes, com formação e equipamentos decentes. Que se trabalhe com a inteligência (a que fica guardada na cabeça e aquela que é um Serviço de Inteligência) na captura dessas pessoas que insistem em obter de forma fácil o que suamos para conseguir.
E não me digam que isso está fora do orçamento que bem sabemos que para aumentar os próprios salários sempre há orçamento! Também não me digam que não tem mais jeito, que a polícia está corrompida porque não está! Existem sim as frutas podres dentro da corporação, claro, mas não é um caso perdido! Nunca é!
Então, isso foi só um comentário, um desabafo de alguém que foi tolhida em seu direito de resolver um problema dentro de uma agência bancária por conta de pessoas fora da lei. Novamente o justo paga pelo pecador!  A culpa não é do rapaz que me informou sobre a lei, e agradeço a ele porque estava cometendo uma infração sem saber. A culpa é nossa mesmo que não reclamamos por uma segurança melhor! 

Beijos

2 comentários:

Catarina - ReceitaseSaboresdoMundo disse...

Rita,
Obrigada pela visita ao meu blog... Gostei muito do seu quanta coisa interessante :) Ja estou seguindo também ; )

Beijinhos

Rita disse...

Olá Catarina, desculpe pela demora em responder seu comentário, mas tive problemas com meu computador e fiquei meio enrolada!
Obrigada pelo carinho! Fico feliz que vocês gostem das coisas que posto por aqui. Esse espaço é nosso! Fique à vontade!

Beijos

Meu Selinho

Meu Selinho