sexta-feira, 8 de abril de 2011

Começando do começo...

Antes de qualquer coisa, sejamos bem vindos!
Estava pensando e percebi que tenho vários cadernos de anotações (todo tipo de anotações), cadernos de receitas, cadernos de artesanato, cadernos com anotações religiosas (e são muitas) e mais de um milhão (um pouco exagerado!) de coisas que venho pensando e fazendo ao longo desses poucos 34 anos bem vividos.
Hoje de manhã, pensava que não sou do tempo do blog, sou do tempo do diário rosa (o meu era branco com bolinhas vermelhas e um coração no meio ) com cadeado bem pequeno e aquela chavinha que eu sempre esquecia onde tinha guardado (de tão bem escondida que ficava). Mas no fundo, no fundo, sempre queríamos que aquele diário fosse descoberto e que nossas histórias e pensamentos se revelassem, como nos filmes de Hollywood... Alguem narrando no fundo e aqueles atores e atrizes interpretando tudo o que havíamos vivido e pensado... Ah! Os filmes de Holywood...
E continuei pensando que as coisas mudaram um bocado nesse tempo. Agora não se vê mais diários rosa (outro dia fui comprar um e a vendedora me olhou como se eu fosse uma reptiliana - em homenagem à minha grande Irmã) e os pensamentos não ficam mais guardados no fundo das gavetas dos armários.
Agora fazemos Blogs, entramos nas Redes Sociais (p'rá não fazer propaganda) e postamos tudo o que queremos, pensamos, sentimos... Sem cadeados e nem chaves diminutas...
Quanta liberdade!... A realização dos sonhos de nossos pais... Liberdade! Ai nossos pais! (isso é papo para outra hora...)
E então pensei, por que não?!
E decidi juntar tudo, ou quase tudo, aqui nesse espaço...
Receitas da vovó, pensamentos perdidos ao longo dos dias, artesanatos que fiz e que pretendo ainda fazer, coisas da profissão, comentários, e tudo que "der na telha"...

Então, simbora! Vou embarcar nessa e começar a postar por aqui. Aliás, acho que já comecei visto que esse é o primeiro texto!
Que seja bom para todos nós! Sejamos bem vindos a este espaço!

2 comentários:

Lecy C. Picorelli - Arquiteta, urbanista e bioconstrutora disse...

Sou a primeira seguidora. Que honra a minha!!! Gostei muito e ri de me acabar com o trecho... "como se eu fosse uma reptiliana...". E apesar de ser sido citada indiretamente, sou da outra "turma", da turma do bem...rs... E vamos em frente que quero ler muito mais.
Te amo. Beijocas aos milhares.

Rita disse...

Seja bem vinda, querida Irmã e Amiga!
Nem preciso pedir para que você esteja sempre por aqui dando seu toque todo especial.
Um milhão de obrigadas e dois milhões de beijos!

Meu Selinho

Meu Selinho